Gerenciar permissões dos arquivos
Suas permissões podem ser identificadas por:
4,r read    leitura
2,w write   gravação
1,x execute execução

E podem haver combinações como 3 ou w+x, que significam permissão de
execução e gravação. No caso de combinações alfabéticas é necessário
colocar qual o tipo de usuário que terá a permissão especificada, no caso:
a= todos a permissão
u= o dono do arquivo terá a permissão
g= o grupo do dono terá a permissão
o= todos os outros terão a permissão especificada.

Com o comando chmod, seguido do nível de permissão na ordem ugo(Usuário, seu 
Grupo e Outros) e o nome do arquivo, o sr. poderá a alterar os níveis de 
permissões, do arquivo citado.

Ex.:
$> chmod 771 teste 
ou
$> chmod ug=rwx teste
$> chmod o=x teste

Define permissão total, no aquivo teste, para o dono e os usuários do seu
grupo, e para todos que não são do mesmo grupo que o dono, limita a
permissão em somente execução.

Já o comando chown, seguido de usuário:grupo e o nome do arquivo, o, fazem a 
alteração do dono do usuário.

Ex.:
$> chown [usuario].[grupo] teste
Mudará o arquivo teste para dono: [usuario] e grupo [grupo].

Ao digitar ls -l aparecerá:

$> ls -l 
-rw-r--r--   1 root     root          640 Jan  4 09:41 /etc/passwd
|_/_/_/     __/     __/          _/ __________/ _________/ 
| |  |  |        |        |            |         |        |            
| |  |  |      Usuário    |         Tamanho      |        Nome 
| |  |  |              Grupo do Usuário         Data da última alteração
| |  |  |
| |  |  Permissão de outros grupos, com excessão do root
| |  Permissão dos usuários que pertencem ao grupo root
| Permissão que o usuário root possui
|
Tipo: Arquivo, Diretório, Link
IP
3.237.16.210